Bruno Nogueira

Blog sobre o grande (enorme) Bruno Nogueira, o melhor humorista português de todos os tempos! Neste blog iras encontrar sobre o "Bruninho", desde fotos, vídeos do levanta-te e ri onde participou e outros, saber todas as novidades! Este é um blog para todos os fans do Bruno Nogueira.

domingo, fevereiro 25, 2007

Truque do Bruno Nogueira num dos anuncios dos Jovens com Asas

Antes de revelarmos o truque aqui fica o video em questão:


Um truque bem montado e lá passa um grande palavrão na televisão e rádio portuguesas. Quem conseguiu essa proeza foi o humorista do momento, Bruno Nogueira, na campanha publicitária «Jovens com Asas» do Millennium BCP. A brincadeira foi «denunciada» pelo 24horas.

No spot publicitário, Bruno Nogueira usa uma palavra estranha, que mais parece russa, mas que não é mais do que um palavrão dito ao contrário.

Eis o excerto:
«E o senhor Millennium disse: olhem que nós vamos pagar soruesrêteatnirtesotnezertlimsiod e 15 cêntimos! [2333 euros e 15 cêntimos]. E os meus pais aí responderam, eu acho que até foi em coro: Sadôf! [Fo...-se!], muito bom!».

A ideia para fazer esta brincadeira foi do humorista, que «escreveu todos os textos para os spots do Millennium», disse ao PortugalDiário Marco Areias, da Arizona Filmes, produtora responsável pela realização dos anúncios televisivos.

«A estratégia passou pela agência e pelo banco. Os textos foram escritos pelo Bruno mas tiveram aprovação. Claro que a brincadeira foi propositada», explicou.

Já o Gabinete de Comunicação do Millennium recusou-se a comentar o «truque publicitário». «Mas continuem atentos à campanha, até agradecemos», disse ao PortugalDiário fonte do banco.

O truque para fazer passar o palavrão no anúncio é bastante simples: primeiro, Bruno Nogueira faz a gravação dizendo efectivamente o palavrão e a quantia. Depois, resta aos técnicos retirarem esses dois sons, reproduzirem-nos ao contrário e voltarem a colar os sons nos sítios indicados. O «Fo..-se» fica disfarçado, sendo apenas detectado pelos ouvidos mais atentos.

Entrevista ao Bruno Nogueira

Como descreves o espectáculo?

Em stand-up comedy nunca há muito para explicar, além dos temas que se vão revelando ao longo da peça. Quis fazer uma coisa mais trabalhada, era a minha possibilidade de fazer um espectáculo de minha total autoria. Chamei o arquitecto João Mendes Ribeiro, com quem já tinha trabalhado na peça Avalanche - tinha adorado os cenários dele. No guarda-roupa, socorri-me do Dino Alves. De resto, quis que fosse uma coisa minha. Tenho o apoio do João Quadros no texto. Tem um ?vivo? no princípio, outro lá mais para a frente. Agora é distribuir isso por uma hora e pouco de espectáculo.

Afastaste-te da televisão. A tua intenção é agora investir neste tipo de espectáculo?

Deixei de fazer televisão porque, hoje em dia, não consigo ver nenhuma coisa onde ache que ia acrescentar algo. Teatro e stand-up comedy são coisas que sempre fiz, paralelamente ou não à televisão. Além disso, um espectáculo como este exige muito tempo. Para criar tudo de raiz, para estar a escrever o texto há três meses e meio como eu estou, estar a ter ideias para luz e tudo o resto, requer algum tempo quando se quer fazer bem. E eu quero fazer bem.

Como nasceu a ideia?

Sempre quis fazer alguma coisa mais a sério. Mas quis que passasse um bocado a vaga da moda da stand-up comedy. Agora acho que já acalmou essa euforia, de aparecer um humorista debaixo de uma pedra em cada cinco minutos. Não temos um país para tanta coisa. Portanto, muitas das coisas que estão a aparecer é só lixo. Preferi que isso acalmasse e preparar uma coisa cuidada para quem gosta de me ver fazer stand-up comedy. E são essas pessoas que eu penso que virão ver o espectáculo.

O que representa este passo na tua carreira?

Isto representa um grande desafio, porque é estar a trabalhar sem rede nenhuma. Em primeiro lugar, porque o texto é meu e nunca foi testado. Eu e o [João] Quadros estamos tão envolvidos no texto que já não sabemos o que funciona ou não, o que só faz rir a nós.

Depois, como sou eu que estou a tomar conta da encenação, das luzes, de tudo, é um projecto totalmente meu. Não é megalómano, nem eu queria que fosse, porque se cair não quero cair lá muito de cima. Vou ser avaliado no dia de estreia. Quer corra bem, quer corra mal, já estou contente por ter conseguido juntar a equipa que juntei e por aquilo que consegui fazer.

Sentes-te pronto para o desafio?

Sinto-me um bocado nervoso, até porque não tenho ninguém a quem atribuir as culpas. Estamos sozinhos ali em cima, com toda a gente a olhar para nos e à espera que os façamos rir. Mas sinto-me preparado. Pelo menos agora sinto-me mais. Aqui há dois dias ainda estava um bocado em pânico.

Há público em Portugal para um espectáculo de stand-up comedy?

Tenho a certeza absoluta que há público para stand-up comedy. Há público para comédia, para bons espectáculos, para maus espectáculos. Há público para quase tudo. Só que as pessoas não são estúpidas. Vão ver uma vez, e depois o que funciona é o boca a boca. Se vão ver e não gostam, não vão dizer a outra pessoa que gostaram. Há muitas produtoras que insistem em dizer que há uma crise de público em Portugal. Não acho. Acho é que há espectáculos que são simplesmente maus.

Vais fazer um espectáculo mais de intervenção ou do riso pelo riso?

Há coisas que eu tento evitar, nomeadamente política e futebol. Não consigo fazer o chamado humor de ?tarte na cara?. Gosto de levar as pessoas a pensar, até porque sinto que elas ficam mais interessadas se virem que podem interagir. Serei interventivo em alguns temas, mais forte em outros. Em televisão é preciso ter jogo de cintura para agradar a todos. Aqui não tenho preconceitos nem filtros no que me apetece dizer.

Estás contente com o resultado?

Estou muito contente. Tenho pena de não ter começado a testar o espectáculo mais cedo, para saber como o poderia gerir melhor. Mas foi um processo muito duro de escrita e produção. Só tenho de acreditar em mim e nas pessoas que já vieram ver.

Tens agora esta temporada no São Luiz. Mais tarde, o espectáculo pode seguir para outros sítios?

Há duas coisas pensadas. Hei-de ir em tournée assim que acabar aqui no São Luiz. Já estamos a tratar disso. Depois, se correr bem, hei-de voltar aqui para fechar esta primeira metade do ano. Gostava de fechar no São Luiz, onde sempre me habituei a trabalhar e onde sempre me trataram tão bem.
Fonte: ComediaLusa.blogspot.com

quinta-feira, fevereiro 22, 2007

Bruno Nogueira - Anuncio Super Bock Perfeita 1

Tal como já tinhamos noticiado ontem aqui no blog no post Bruno Nogueira Personagem Principal da Super Bock o Bruno Nogueira, vai ser a cara da nova cerveja sem alcool da Super Bock, intitulada de Super Bock Perfeita uma cerveja sem alcool com 3 sabores.

E o primeiro anuncio já foi para o ar ontem aqui fica:


Mais um excelente momento do nosso grande Bruno Nogueira, esperamos pelos novos anuncios.

Etiquetas: ,

quarta-feira, fevereiro 21, 2007

Bruno Nogueira personagem principal da Super Bock Sem Álcool

A gama Super Bock Sem Álcool investiu 2,5 milhões de euros na nova campanha de televisão, tendo o humorista Bruno Nogueira como a personagem principal, divulga a empresa em comunicado.
Enquadrado com esta campanha vão ser lançadas três novas cervejas sem álcool, intituladas pelo lema «perfeita, perfeita¿».

A campanha arranca no dia 21 de Fevereiro e estará no ar durante os próximos dois meses, tanto na Televisão como no cinema através de diferentes «spots» publicitários, sendo que cada um deles terá a duração entre 8 a 10 dias.

A rádio, a imprensa, a Internet e os «outdoors» serão os outros suportes onde a campanha terá expansão.

Etiquetas: ,

sexta-feira, fevereiro 16, 2007

Bruno Nogueira na RTP?

Marco Horácio vai apresentar um novo programa na estação pública. Até lá dedica-se ao Festival da Canção.

A RTP está a preparar o regresso de Marco Horácio aos ecrãs com um programa de entretenimento que promete colocar famosos em situações imprevistas. De acordo com o humorista, o programa baseado no formato australiano ‘Thanks God You’re Here’ – ‘Graças a Deus Que Estás Aqui’ numa tradução literal –, “não pretende colocar ninguém em xeque, mas sim verificar como é que as pessoas reagem a uma brincadeira”.

“Não é nenhuma prova de ‘Aqui Há Talento’. Os convidados já têm talento, apenas terão que improvisar um pouco”, explica. O humorista só não sabe quando o programa irá para o ar: “Este projecto ainda está numa fase embrionária, mas, a pedido do Nuno Santos (director de Programas), fui à Fremantle ver o formato original. Gostei do que vi. Acho que pode ter sucesso, mas depende muito das pessoas e dos primeiros programas. Para já há programa, só não há datas.”

Com o novo projecto a dar os primeiros passos, Marco Horácio dedica-se ao Festival da Canção, que terá lugar no dia 10 de Março. Recorde-se que a vertente humorística do concurso está a cargo de Marco Horácio e Eduardo Madeira, dois velhos conhecidos de ‘Levanta-te e Ri’.

À PROCURA DE CÚMPLICE

Na versão australiana de ‘Thanks God You’re Here’ existe um apresentador e um crítico que é simultaneamente o agente provocador. Para esse papel, Marco Horácio gostaria de contar com Bruno Nogueira “pela sua ousadia” ou António Feio “pela experiência e reconhecida capacidade de improviso”.

FADO SATÍRICO NO CARNAVAL

O concerto de apresentação do álbum ‘Best On’, o segundo disco na curta carreira do personagem Rouxinol Faduncho, é exibido novamente na tarde do dia de Carnaval a partir das 18h00.

Gravado no Auditório Ruy de Carvalho, Rouxinol Faduncho faz-se acompanhar ao longo deste musical humorístico por três grandes nomes do fado: Paulo Valentim (guitarra portuguesa), João Mario Veiga (Viola) e Rodrigo Serrão (Baixo).

O disco, que se tornou o mais pirateado do Verão de 2006, é para Marco Horácio “uma aposta ganha” uma vez que “mostrou que havia espaço para o fado humorístico em Portugal”. As mais de 20 mil unidades vendidas parecem comprová-lo.
Autor: João C. Rodrigues
Fonte: CM

terça-feira, fevereiro 13, 2007

Dia dos Namorados - São Valentim

Amanhã como sabem é o dia dos namorados, um dia que não é mais do que um dia símbolico, pois os namorados são todos os dias namorados...
Mas como sugestão para o dia dos namorados recomendamos-te o seguinte blog: Frases de Amor onde poderás encontrar lindissimas frases de amor, para enviares por SMS ou para colocares no teu nick do MSN Messenger. Têm um dia dos namorados mais inspirado.





Para os que ainda não têm namorado, aconselhamos-te que vás à luta, procura o teu amor quem sabe se não o podes encontrar em: Meetic PT lá podes encontrar milhares de solteiros como tu.

Meetic - 468x60 Standard banner Kass

Etiquetas: ,

segunda-feira, fevereiro 05, 2007

Rita Andrade entrevista Bruno Nogueira

Rita Andrade esteve presente na estreia de Bruno Nogueira a solo. Podes ver aqui as reportagens sobre o espetáculo e entrevista ao próprio Bruno Nogueira, que agora vai partir pelo país com este espetáculo e regressará a 17 de Maio ao Jardim de Inverno do teatro São Luiz.



Fonte: SiC Radical
Agradecimentos: Curto Circuito

Etiquetas: , ,